Dia 1° de Janeiro de 2019 entra em vigor a obrigatoriedade da emissão do NFC-e (cupom eletrônico) para contribuintes que faturem igual ou inferior a R$360.000,00 por ano (30 mil por mês)!


 
O governador José Ivo Sartori editou decreto, publicado no DOE (Diário Oficial do Estado) do dia 29/12/2017, postergando para 1º de janeiro de 2019 a obrigatoriedade de contribuintes com faturamento de até R$ 360 mil por ano emitirem a Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica (NFC-e).
A mudança de data para essas empresas do setor do varejo, que estão enquadradas no Simples Gaúcho, decorre principalmente das dificuldades de acesso à internet em regiões do interior.
A NFC-e vem substituindo gradativamente a emissão de outros modelos do documento entregue ao consumidor, como o cupom fiscal, a NF-e e a nota fiscal em papel.



 
Talvez você tenha ouvido falar em prorrogação, mas não se engane! No dia 05/12/2018 foi publicado no DOE uma pequena mudança. Contribuintes que faturam até R$120.000,00 por ano (10 mil por mês) ganharam prorrogação até dia 01/01/2020.
Esta medida criou uma exceção mas leva a conclusão que não teremos mais prorrogações!



 Então se sua empresa fatura mais do que 10 mil por mês você estará obrigado a emitir o NFC-e (cupom eletrônico) a partir do dia 01/01/2019!
 
Lembrando que se você não está em nenhuma dessas faixas de faturamento é porque já está obrigado a emissão do NFC-e!
 
Mas fique tranquilo, nós preparamos soluções inteligentes para sua empresa atender a todas estas exigências.



 

      Entre em contato com nosso time de consultores
            >>>>>>>>CLIQUE AQUI<<<<<<<<

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *